Acesso do Aluno
Já é nosso aluno EAD?

Esqueceu sua Senha?

Esqueceu seu nome de usuário?

Professores orientam candidatos a manter ritmo forte de estudos para obter bom desempenho

Para o professor Rodrigo Pavan, coordenador de cursinho, essa última etapa de preparação requer mais determinação e disciplina dos candidatos. “O ritmo de estudo não pode diminuir; estamos numa reta final”, disse. “É a hora em que o candidato deve dar o último gás, não perder o pique e, obviamente, ter mais atenção com português e matemática.”

Coordenador de turmas de ensino médio, o professor George Gonçalves afirma que uma boa maneira de o estudante se preparar para o Enem é resolver provas anteriores do exame. É uma forma de o candidato se adaptar ao tipo de questão que as provas contêm. “Tanto as provas aplicadas aos candidatos convencionais quanto aquelas aplicadas nas unidades prisionais são ricas em questões que podem apresentar raciocínios e semelhanças no exame que está por vir”, alertou. “Com essas questões, é possível apontar falhas de maneira antecipada.”

Os participantes devem ficar atentos à duração das provas, que terão 45 questões de múltipla escolha cada uma. No sábado, 24 de outubro, serão realizadas as de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos, contadas a partir da autorização do aplicador. No domingo, 25, os estudantes terão 5 horas e 30 minutos para resolver questões de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias e fazer a redação.

Horário — Considerado, sempre, o horário oficial de Brasília, a aplicação das provas começará às 13h30. Os candidatos, que devem estar atentos às diferenças resultantes do horário de verão, que então estará em vigor, e dos horários locais em relação ao da capital federal, terão acesso aos locais de prova a partir das 12h. Os portões serão fechados às 13h, em todas as unidades da Federação.

Este ano, o cartão de confirmação do Enem terá formato digital. Com isso, os participantes devem buscar o acesso ao sistema de inscrição do exame pela internet — nas edições anteriores, o comprovante era enviado pelos Correios.

Acesso — O Exame Nacional do Ensino Médio é um mecanismo de democratização do acesso às políticas públicas de educação. Com a nota obtida no Enem, o estudante pode tentar vaga na educação superior por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni), que permite a estudantes brasileiros de baixa renda obter bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior. O resultado também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa Ciência sem Fronteiras e ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem também obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.

O exame deste ano tem 7.746.057 inscritos. Diferente das edições anteriores, os candidatos isentos da taxa de inscrição que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o direito à isenção no exame de 2016. O objetivo da mudança no critério é diminuir o índice de abstenções e evitar desperdício de recursos públicos.

Assessoria de Comunicação Social Fonte: MEC
Rodapé
Parceiros Cotemar
PARCEIROS COTEMAR



© 2012 Colégio Técnico COTEMAR. Todos os direitos reservados. Termos de uso e privacidade